Jornal do Brasil

Internacional

UE continuará sendo parceiro próximo e queremos boas relações pós-Brexit,diz May

Jornal do Brasil

Ao responder perguntas no Parlamento britânico nesta manhã, a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, fez questão de ressaltar que mesmo após o Brexit, a União Europeia continuará sendo um parceiro próximo, com o qual se deseja manter boas relações comerciais. A premiê britânica enfrentou fortes críticas dos parlamentares, mas manteve posição firme e, por mais de uma vez, repetiu que está agindo em defesa dos interesses nacionais e que alternativas para o acordo do Brexit poderia resultar em falta de acordo e colocar em risco até mesmo a saída do país do bloco.

Segundo May, o ponto mais sensível das discussões continua sendo a fronteira das Irlandas. "Queremos garantir que não haverá uma fronteira "dura"", afirmou. Ainda hoje, May se encontra com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em Bruxelas, para tratar do Brexit.

Mais cedo, o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, disse que seu país irá votar contra o acordo para o Brexit se o futuro do território de Gibraltar não for considerado um assunto bilateral entre Madri e Londres. Após finalizado, o acordo do Brexit deverá passar pela aprovação do Parlamento Europeu e, por ora, apenas a Espanha se pronunciou como votaria a respeito.

No Parlamento britânico, May comentou que Gibraltar não será excluído de negociações futuras, mas não forneceu detalhes sobre o assunto, se limitando a afirmar que o acordo do Brexit deverá funcionar também para Gibraltar.