Jornal do Brasil

Internacional

Um tigre de Sumatra é libertado do porão de uma loja na Indonésia

Jornal do Brasil

Um tigre de Sumatra que ficou preso por três dias no porão de uma loja na ilha de Pulau Burung, na Indonésia foi libertado, disse a Agência para a Conservação dos Recursos Naturais da Província de Riau (BKSDA). O macho de três anos de idade foi liberado à noite após permanecer dentro de um espaço de 75 cm, explicou a BKSDA.

"Depois de ter esperado o tigre dormir, abrimos parte das fundações para prosseguir com a evacuação ", disse Suharyono, diretor da agência.

Os veterinários trataram as feridas menores sobre as patas e seus caninos quebrados, e o tigre foi levado a um centro de reabilitação.

O animal, de 80 quilos, ficou preso entre dois prédios em um movimentado distrito comercial, antes de se libertar e acabar preso novamente no porão de um estabelecimento.

Os tigres de Sumatra são uma espécie criticamente ameaçada, de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza.

Atualmente, existem menos de 400 espécimes que vivem em estado selvagem. Segundo os ativistas, eles estão cada vez mais presentes em áreas povoadas, dado que seu habitat natural está sendo destruído pelo desmatamento.