Jornal do Brasil

Internacional

Um emigrante morto e nove desaparecidos na costa da Sardenha

Jornal do Brasil

A Guarda Costeira italiana recuperou nesta sexta-feira o corpo de um emigrante, provavelmente argelino, a sudoeste da ilha italiana da Sardenha, e segue a procura de nove pessoas desaparecidas, segundo a imprensa italiana.

Três sobreviventes chamaram na quinta-feira os serviços de resgate após o barco, de madeira, sofrer uma avaria.

Os outros 10 passageiros, todos argelinos, decidiram não esperar o socorro e resolveram chegar a nado até a costa da Sardenha, segundo os sobreviventes.

A embarcação à deriva com os três sobreviventes foi localizada na sexta-feira próxima a um ilhote pela Guarda Costeira, que depois encontrou um corpo de um homem jovem.

O grupo havia partido do noroeste da Argélia, realizando uma viagem de 12 horas, como muitos outros emigrantes clandestinos. Na semana passada, cerca de 60 pessoas chegaram a Sardenha pelo mesma rota, segundo a imprensa italiana.

 

cm/cr/lr