Jornal do Brasil

Internacional

FMI negocia com Caracas entrega de dados oficiais econômicos, após 14 anos

Jornal do Brasil

O Fundo Monetário Internacional (FMI) confirmou na quinta-feira, 15, que tem ocorrido conversações com o Banco Central da Venezuela para entrega de dados oficiais econômicos do país, algo que ele não faz desde 2004. Em suas revisões, o FMI projetou que a Venezuela fechará 2018 com uma inflação de 1.370.000%.

Em maio, o fundo emitiu uma "declaração de censura" contra o país, atolado em uma profunda recessão, pois não forneceu dados oficiais sobre sua evolução econômica. A Venezuela poderia perder seu direito de voto, deixar de ter acesso aos recursos da entidade e até ser expulsa.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.