Jornal do Brasil

Internacional

Austrália identifica autor de atentato em Melbourne

Hassan Khalif Shire Ali, de 30 anos, esfaqueou várias pessoas

Jornal do Brasil

O autor do atentado em Melbourne, na Austrália, foi identificado como Hassan Khalif Shire Ali, de 30 anos de idade, originário da Somália.

Shire Ali chegou à Austrália nos anos 90 e seu passaporte tinha sido anulado em 2015. No entanto, ele não era monitorado de maneira ativa pela polícia.

O agressor esfaqueou várias pessoas ontem (9), em Melbourne, matando um homem de 74 anos de origem italiana, Sisto Malaspina, proprietário de um café na cidade australiana desde 1974. Outras duas pessoas ficaram feridas.

Shire Ali foi neutralizado por um disparo feito por um policial e morreu no hospital. Ele também tinha estacionado e colocado fogo em um veículo que levava botijões de gás, próximo a um shopping de Melbourne.

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do ataque.