Jornal do Brasil

Internacional

Bisavó de 106 anos recebe cidadania americana no dia das eleições

Jornal do Brasil

Uma bisavó de 106 anos de idade, nascida em El Salvador, tornou-se cidadã americana na terça-feira, quando os Estados Unidos realizavam eleições legislativas, nas quais a imigração na América Central era uma questão importante.

Maria Valles Bonilla acenou uma pequena bandeira americana em uma cerimônia em Washington, com a mão em seu coração enquanto prometia fidelidade aos Estados Unidos, cercada pela família, incluindo seus bisnetos.

Macaque in the trees
Maria Valles Bonilla, 106 anos, com os bisnetos após se tornar cidadã norte-americana (Foto: MANDEL NGAN / AFP)

Ela foi entrevistada antecipadamente por agentes dos Serviços de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos, que determinaram que ela reunia todas as condições necessárias para se naturalizar como cidadã americana, disse um porta-voz.

Durante sua entrevista, Valles Bonilla disse que seu falecido marido tinha o sonho de se tornar americano e, assim, preencheu a papelada e completou o processo em sua homenagem.

O presidente Donald Trump lidera uma campanha contra a imigração ilegal, concentrando seus ataques principalmente na caravana de milhares de imigrantes que caminham a pé em direção aos Estados Unidos, na esperança de obter asilo.

Muitos membros da caravana procedem de El Salvador, fugindo da violência e da pobreza.

seb/oh/ft/cn/tt



Recomendadas para você