Jornal do Brasil

Internacional

Mortes no mar chegam a quase 2 mil neste ano, alerta OIM

Recordes de desembarques foram registrados na Espanha

Jornal do Brasil

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) anunciou nesta sexta-feira (2) que 1.987 imigrantes e refugiados morreram no mar em 2018 ao tentar chegar à Europa. O relatório ainda alerta que, atualmente, o aumento dos fluxos de imigrantes atinge a Espanha, onde apenas em outubro ocorreram 10 mil desembarques, um recorde dos últimos cinco anos. No final de outubro, o número de desembarques por mar na Europa era de 97.857, dos quais 48% foram na Espanha, segundo a OIM.

 

O Mediterrâneo ainda é a rota mais letal para os migrantes, com dois terços das mortes nas águas entre o norte da África e a Sicília, no sul da Itália, embora o número de mortes registradas neste período seja menor que o do ano passado (2.844 mortos) e em 2016 (mais de 4 mil) Nos primeiros 10 meses deste ano, na Itália, foram registradas 22.027 chegadas, uma redução líquida em comparação com o mesmo período do ano passado. "O principal destino dos migrantes agora é a Espanha, que registrou mais de 10 mil chegadas em outubro, um número nunca alcançado em um mês", explicou Joel Millman, porta-voz da OIM em Genebra.



Tags: OIM

Recomendadas para você