Polícia de Pittsburgh confirma 11 mortes em tiroteio e seis feridos

A polícia de Pittsburgh, nos Estados Unidos, confirmou que 11 pessoas foram mortas e seis ficaram feridas após a ação de um atirador em uma sinagoga na cidade americana. Segundo autoridades, o suspeito de cometer o crime, que está sob custódia, é Robert Bowers.

O FBI, que lidera as investigações do caso, diz acreditar que Bowers agia sozinho e que sua motivação ainda não é conhecida.

A rede social Gab.com afirmou, mais cedo, que o atirador tinha um perfil em seu site, que é popular entre pessoas de extrema direita. Fonte: Associated Press.