Suspeito de enviar bombas nos EUA é acusado de cinco crimes federais

O suspeito preso nos Estados Unidos ligado ao envio de mais de uma dúzia de pacotes com explosivos a opositores do presidente Donald Trump foi indiciado por cinco crimes federais, informou nesta sexta-feira o procurador-geral Jeff Sessions.

As acusações incluem transporte interestadual de explosivo, envio de explosivos, ameaça contra um ex-presidente e ameaça às comunicações entre estados, explicou Sessions em coletiva de imprensa.

Se for julgado e condenado, o suspeito enfrenta uma pena de até 58 anos de prisão, acrescentou.

O chefe do FBI, Christopher Wray, confirmou, por sua vez, que o suspeito é Cesar Sayoc, de 56 anos e morador da Flórida.

>> Veja quem são os alvos dos pacotes-bomba nos Estados Unidos

>> FBI diz que 'é cedo para falar sobre motivações' de suspeito de envio de explosivos

Macaque in the trees
Cesar Sayoc (Foto: AFP)

jm/ad/cd/mr