Jornal do Brasil

Internacional

Casa Branca condena envio de pacotes suspeitos a Clinton e Obama

Jornal do Brasil

A Casa Branca condenou nesta quarta-feira os atos "desprezíveis" supostamente orquestrados contra o ex-presidente dos EUA Barack Obama e a ex-secretária de Estado Hillary Clinton, após terem sido interceptados pacotes suspeitos enviados para suas respectivas residências.

"Esses atos de terror são desprezíveis e quem for responsável será responsabilizado em toda a extensão da lei", afirmou Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca.

"O Serviço Secreto dos EUA e outras agências de aplicação da lei estão investigando e tomarão todas as medidas apropriadas para proteger qualquer pessoa ameaçada por esses covardes ", acrescentou.

O Serviço Secreto dos Estados Unidos disse nesta quarta-feira que interceptou pacotes suspeitos, identificados como potenciais dispositivos explosivos, enviados para as casas do ex-presidente Barack Obama e da ex-secretária de Estado Hillary Clinton.

O Serviço Secreto informou que recuperou um pacote endereçado a Clinton em Westchester, um subúrbio ao norte de Manhattan na terça-feira, e um segundo pacote dirigido à residência de Obama em Washington nesta quarta-feira.

"Os pacotes foram imediatamente identificados durante procedimentos rotineiros de triagem dos correios como potenciais dispositivos explosivos e foram apropriadamente tratados como tal", disse o Serviço Secreto em um comunicado.

"Os protegidos não receberam os pacotes nem correram o risco de recebê-los", acrescentou a fonte.

O Serviço Secreto, órgão federal encarregado da segurança do presidentes e ex-presidentes americanos, indicou que iniciou uma investigação para determinar a origem das embalagens e identificar os responsáveis.

 

bur-an/yow/cn



Recomendadas para você