Jornal do Brasil

Internacional

Tóquio confirma libertação de jornalista japonês refém na Síria

Jornal do Brasil

O governo japonês confirmou nesta quarta-feira que um jornalista japonês sequestrado há mais de três anos na Síria foi libertado e agora está em um lugar seguro na Turquia.

"Confirmamos que Jumpei Yasuda, refém na Síria desde 2015, está são e salva", disse o chanceler japonês, Taro Kono, aos jornalistas.

Funcionários da embaixada do Japão na Turquia o visitaram no Centro de Imigração de Antióquia, de acordo com o ministro.

Em imagens transmitidas pela rede de televisão pública japonesa NHK, Yasuda aparece em boa forma, com uma longa barba. Ele retornará rapidamente ao Japão depois de passar por exames médicos.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse aos repórteres que ligou para o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e para o emir do Catar, xeque Tamim bin Hamad al Thani, para agradecer a eles por seu apoio.

nf-anb-uh/pg/age/mb/cn



Recomendadas para você