Conferência sobre Líbia na Itália será em 12 de novembro

A conferência promovida pela Itália sobre a situação da Líbia acontecerá nos dias 12 e 13 de novembro, em Palermo, na Sicília.O encontro pretende reunir os principais atores da crise na nação africana, como o líder do governo de união nacional, Fayez al Sarraj, baseado em Trípoli, e o general Khalifa Haftar, que controla o leste líbio e a principal força armada do país.

"O programa prevê uma conferência na Líbia para facilitar o processo em curso. Será nos dias 12 e 13 de novembro, com um dia concentrado nos interlocutores líbios e na presença da comunidade internacional", declarou o ministro italiano das Relações Exteriores, Enzo Moavero Milanesi, em audiência no Senado.

A Líbia está fragmentada desde a queda de Muammar Kadafi, o que permitiu que seu litoral caísse nas mãos de traficantes de seres humanos que organizam viagem clandestinas rumo à Itália no Mediterrâneo.

Há um acordo para a realização de eleições nacionais, mas a data ainda é incerta, depois de o Conselho de Segurança das Nações Unidas ter rejeitado uma proposta da França para fazer o pleito em 10 de dezembro.