Estado Islâmico ameaça o Irã com novos ataques

O porta-voz do grupo extremista Estado Islâmico (EI) ameaçou realizar novos ataques contra o Irã, após a ação que deixou 24 mortos no sábado durante uma parada militar em Ahvaz.

"Eles ainda não se recuperaram do impacto, e não será o último", diz a advertência.

Em uma mensagem de áudio divulgada nesta quarta-feira por meio do aplicativo de mensagem instantânea Telegram, o grupo afirma que "eles ainda não acordaram do choque, e esse não será o último".

"O próximo será bem pior e mais amargo", afirma no áudio Abulhassan al-Muhajer, cujo grupo reivindicou o atentado de Ahvaz.

O ataque também foi reivindicado em nome da Resistência Nacional de Ahvaz, que é apresentada como um grupo separatista árabe.

O Irã, um país muçulmano de língua e cultura persa, acusou os grupos jihadistas separatistas, especialmente apoiados pelos países árabes, de terem cometido o ataque.

Também acusou os Estados Unidos, Israel, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos de estarem por trás do ataque, que Teerã prometeu vingar.

 

rh/feb/vl/eg/bc/mb/mr