Jornal do Brasil

Internacional

Justiça dinamarquesa confirma prisão perpétua para assassino de jornalista em submarino

Jornal do Brasil

O Alto Tribunal de Copenhague confirmou nesta quarta-feira a condenação à prisão perpétua do inventor dinamarquês Peter Madsen pelo assassinato de uma jornalista sueca em seu submarino em 2017.

Peter Madsen, 47 anos, apresentou um recurso contra a duração de sua pena, após a condenação em primeira instância em abril pelo assassinato, precedido de abusos sexuais, da jornalista sueca Kim Wall em seu submarino privado em agosto de 2017, perto de Copenhague.

Madsen não contestava o veredicto de culpa.

O engenheiro autodidata confessou ter colocado a cabeça, os braços e as pernas da vítima em sacolas de plástico, que também encheu com tubos de metal e jogou no mar. Porém, sempre alegou que a morte foi acidental.

str-cbw-gab/es/mb/fp



Recomendadas para você