Jornal do Brasil

Internacional

Alerta falso de tiroteio causa pânico durante festival solidário em Nova York

Jornal do Brasil

Os mundos da música e da política se uniram neste sábado para pedir ajuda ao desenvolvimento, igualdade de gênero e participação dos eleitores, em um festival realizado no Central Park, em Nova York, e marcadado por um alerta falso de segurança que espalhou pânico entre a multidão.

O incidente aconteceu na metade do festival Global Citizen, liderado pela banda The Weeknd e a cantora Janet Jackson. O pânico começou quando pessoas gritaram "Tiros!" após ouvirem o que se revelou posteriormente como uma cerca caindo.

Centenas de espectadores correram para fugir do local, pisoteando outras pessoas enquanto tentavam passar pelas barreiras de segurança. Muitos perderam sapatos e bolsas.

Enquanto o líder da banda Coldplay, Chris Martin, pedia calma, fãs choravam e outros deixavam o local do festival. Quando a música foi retomada, o público já era bem menor.

O susto aconteceu quase um ano após um massacre de 58 pessoas durante um festival de música country em Las Vegas.

O evento de ontem era o encerramento não-oficial depois de uma semana de diplomacia agitada na Assembleia Geral da ONU, em Nova York. O festival Global Citizen distribui ingressos grátis a quem se compromete a realizar ações como pedir a seu governo que apoie os esforços para eliminar a pobreza extrema.

Em seu sétimo ano de realização no Central Park, o festival homenageou o ícone da luta contra o apartheid da África do Sul, Nelson Mandela, que completaria 100 anos em 2018.

 

sct/it/llu/rsr/lb

 



Recomendadas para você