Jornal do Brasil

Internacional

Indignação no Iraque pelo assassinato de modelo de 22 anos

Jornal do Brasil

O assassinato em Bagdá de Tara Fares, uma modelo iraquiana e estrela do Instagram, de 22 anos, provocou indignação entre os internautas, que utilizaram as redes sociais para denunciar o crime.

O ministério do Interior anunciou a abertura de uma investigação sobre o assassinato na quinta-feira de Fares, que foi atingida por três tiros quando dirigia seu Porsche conversível pela capital iraquiana.

Fares era uma modelo famosa e tinha 2,7 milhões de seguidores no Instagram, rede social em que compartilhava fotos de suas viagens, tatuagens e figurinos.

Para os internautas do país ultraconservador, a jovem foi vítima da própria fama e virou um alvo por seu estilo de vida.

"Seu único crime foi ter escolhido a vida... em um lugar equivocado", escreveu um usuário do Twitter.

"Nesta quinta-feira foi Tara (...) e o próximo quem será? Para onde vai o Iraque?", escreveu outro internauta.

Ahmad al-Basheer, humorista iraquiano que se exilou na Jordânia depois de ter recebido ameaças de morte, condenou o assassinato de Fares.

"Qualquer um que encontrar uma desculpa para aqueles que matam uma jovem apenas porque tomou a decisão de viver como a maioria das outras jovens no planeta é cúmplice de seu assassinato", escreveu.

ac-sbh/feb/gg/eg/fp



Recomendadas para você