Na ONU, Conte diz que Itália ajudará a conter crise na Líbia

Em sua estreia na Assembleia Geral das Organizações das Nações Unidas (ONU), o primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, afirmou que seu país sediará uma conferência para contribuir para a estabilização política na Líbia, que enfrenta um cenário de instabilidade. "Nas próximas semanas, a Itália sediará uma conferência sobre a Líbia, que terá como principal objetivo apoiar um caminho político compartilhado que contribuirá para a estabilização política do país".
Segundo Conte, "esta trajetória será baseada no envolvimento mais amplo dos próprios atores líbios, que continuam sendo os mestres de seu destino, e na centralidade das Nações Unidas, cujo Plano de Ação é o elemento para o qual as contribuições dos principais atores internacionais e regionais convergem".