Jornal do Brasil

Internacional

Ataque jihadista deixa 12 mortos em Moçambique

Jornal do Brasil

Doze habitantes de uma cidade do norte de Moçambique morreram e outros 14 foram gravemente feridos nesta quinta-feira em um novo ataque atribuído a um grupo islamita, informou nesta sexta uma fonte local.

"Dez pessoas morreram a tiros e duas queimadas", indicou à AFP esta fonte, que pediu para não ser identificada.

Os agressores também incendiaram 55 casas nesta pequena cidade isolada, Pequeue, disse a fonte, acrescentando que uma das vítimas também foi decapitada.

"Uma ambulância foi enviada esta manhã a Pequeue para transportar os 14 feridos para o hospital de Macomia", a capital do distrito, indicou outra autoridade da saúde da província de Cabo Delgado.

Este ataque é o mais mortal cometido pelos jihadistas desde o seu aparecimento em outubro de 2017.

Designados pela população como "shababs" ("jovens" em árabe), esse grupo de jovens muçulmanos radicais matou cerca de 50 civis, incendiou aldeias e obrigou milhares de habitantes ao exílio.

str-pa/bed/thm/sgf/pb/mr



Recomendadas para você