Jornal do Brasil

Internacional

Trump pede voto em republicanos em eleições de novembro

Jornal do Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a pedir mais votos em candidatos republicanos nas eleições americanas de meio de mandato, que ocorrerão em novembro, ressaltou feitos de seu governo e criticou integrantes do Partido Democrata, a quem chamou de obstrucionistas.

Em comício realizado em Las Vegas, Nevada, Trump chamou o líder democrata no Senado, Chuck Schumer (Nova York) de "chorão" e disse que Schumer e a líder da oposição na Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi (Califórnia), desejam aumentar os impostos dos americanos e deixar o crime entrar no território americano por quererem "fronteiras abertas".

Ao falar de sua política de imigração, Trump lamentou ter tido apenas US$ 1,6 bilhão para a construção de um muro na fronteira com o México. Ele afirmou que as obras já começaram e disse que pretende construir a barreira em toda a extensão da fronteira - o que conseguirá depois de novembro, quando serão realizadas as eleições de meio de mandato. "Não vou permitir que nos tornemos a próxima Venezuela. Os democratas estão obstruindo a construção do muro. A política deles é péssima", disse o republicano.

Trump ainda comemorou feitos de seu governo, como a reforma tributária, aprovada no fim do ano passado pelo Congresso, e disse que continuará lutando pela indústria americana e pelos empregos que ela gera. "Nos tornamos o maior produtor mundial de energia", afirmou o presidente dos EUA logo no início do comício.

Além disso, Trump defendeu Brett Kavanaugh, a quem indicou para uma vaga na Suprema Corte americana e disse que o nome do juiz ainda não foi aprovado devido à obstrução dos democratas. Kavanaugh foi acusado de ter abusado sexualmente de Christine Blasey Ford, atualmente professora da Universidade Palo Alto, em 1982. Ela já afirmou publicamente que considera que o ato foi uma tentativa de estupro. Christine pode ir ao Senado dos EUA em breve para detalhar o episódio.

 



Recomendadas para você