Jornal do Brasil

Internacional

Embaixador americano em Berlim diz que VW vai abandonar o Irã

Jornal do Brasil

A montadora alemã vai abandonar praticamente todas as atividades no Irã, como exige o governo dos Estados Unidos, afirmou o embaixador americano em Berlim à agência Bloomberg.

A empresa e o governo de Donald Trump chegaram a um acordo na terça-feira, indicou o embaixador Richard Grenell à agência.

A VW só poderá fazer alguns negócios no Irã sob uma exceção humanitária, de acordo com a Bloomberg.

Em maio, Trump retirou os Estados Unidos do acordo nuclear que cinco potências internacionais alcançaram com o Irã em 2015, que representou a retirada das sanções contra a República Islâmica em troca de restrições a seu programa nuclear.

Agora, Washington está retomando as sanções.

A Bloomberg informou que a VW descartou os planos que havia anunciado em julho do ano passado para vender carros no Irã pela primeira vez em 17 anos.

 



Recomendadas para você