Jornal do Brasil

Internacional

Desnuclearização é a prioridade da Coreia do Sul em reunião com o Norte

Jornal do Brasil

A desnuclearização será a prioridade do presidente sul-coreano Moon Jae-in, que na terça-feira chegará a Pyongyang para sua terceira reunião de cúpula com o líder norte-coreano Kim Jong Un, anunciou nesta segunda-feira a presidência sul-coreana.

O encontro representa uma nova etapa na aproximação entre os dois países, apesar da estagnação das negociações do Norte com os Estados Unidos sobre a desnuclearização.

"Vamos pressionar por uma desnuclearização avançada do Norte e uma medida recíproca dos Estados Unidos, retomando rapidamente um diálogo sincero para estabelecer novas relações pacíficas", declarou o chefe do Estado-Maior do presidente sul-coreano, Im Jong-seok.

Moon Jae-in, que se reuniu duas vezes com Kim Jong Un este ano, teve um papel chave de intermediário para tornar possível o encontro histórico entre o líder norte-coreano e o presidente americano Donald Trump, celebrado em junho em Singapura.

Nesta reunião, Kim se comprometeu a "desnuclearizar a península", mas sem entrar em detalhes. As partes não chegam a um acordo sobre o que isto significa exatamente.

Washington quer uma "desnuclearização definitiva e totalmente verificada" do Norte.

As autoridades norte-coreanas denunciaram os métodos de "gângster" dos Estados Unidos, que acusam de querer um desarmamento unilateral sem fazer concessões a cada etapa.

Im Jong-seok explicou que o presidente sul-coreano vai tentar mediar a situação entre Washington e Pyongyang.

Durante a visita, Moon deve se reunir com Kim pelo menos duas vezes. Também assistirá a um concerto e visitará vários pontos da capital norte-coreana com sua delegação, que inclui o herdeiro do grupo Samsung, Lee Jae-yong, e o vice-presidente da Hyundai Motor.

sh/slb/ev/pc/erl/fp



Recomendadas para você