Líder da oposição no Camboja é liberado sob fiança

O líder da oposição do Camboja, Kem Sokha, preso desde setembro de 2017, foi posto em liberdade sob fiança na madrugada desta segunda-feira, anunciou seu advogado.

"Saiu da prisão e já está em casa", declarou seu advogado Chan Chen.

"Foi liberado sob fiança", confirmou uma fonte judicial à AFP.

Kem Sokha foi preso em setembro de 2017 acusado de "traição e espionagem" relacionado com Washington, com o objetivo de organizar uma revolução não violenta no Camboja.

Sua formação política, o Partido para o Resgate Nacional do Camboja (CNRP), foi dissolvida pouco depois, meses antes das eleições legislativas celebradas em julho.

Desde então, os Estados Unidos e a União Europeia suspenderam sua ajuda ao país para denunciar as manobras do primeiro-ministro, Hun Sen, para se manter no cargo, após mais de 33 anos no poder.

ss-dth/ple/sgf/ll