Trump nega ter cogitado assassinato de Assad

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quarta-feira que nunca debateu com o chefe do Pentágono sobre o possível assassinato do presidente sírio Bashar al Assad, contradizendo assim uma notícia do jornalista investigativo Bob Woodward, famoso por seu trabalho no The Washington Post.

"Nunca se discutiu isso (...) Isso nunca foi considerado", disse Trump, entrevistado no Salão Oval sobre esta passagem mencionada em "Fear" ("Medo"), o novo livro de Woodward, classificado pelo presidente como uma obra de "ficção".

jca/iba/llu/rsr/cc