Jornal do Brasil

Internacional

Trump opera em baixa

Aprovação de presidente atinge menor índice de mandato

Jornal do Brasil

A economia americana anda bem, mas os bons indicadores não são suficientes para fazer a popularidade do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decolar. De acordo com pesquisa divulgada ontem, 60% da população do país desaprova sua gestão, maior porcentual desde que o republicano assumiu o mandato no ano passado, enquanto apenas 36% aprova o governo do empresário. A enquete foi realizada pelo jornal “Washington Post” e pela emissora “ABC”.

Macaque in the trees
Pesquisa feita pelo "Washington Post" e "ABC" revela que 60% dos americanos não concordam com a maneira como Trump governa (Foto: Olivier Douliery/AFP)

Para piorar, 49% dos entrevistados afirmaram que apoiariam um julgamento político contra Trump, o que poderia levar ao impeachment do presidente. Por outro lado, 46% disse que rejeitariam um processo para destituí-lo do cargo.

A possibilidade, ventilada várias vezes desde que o dirigente assumiu o poder, ganhou contornos mais reais após a condenação na Justiça de seu ex-chefe de campanha Paul Manafort, declarado culpado de fraude fiscal e bancária, e de seu ex-advogado Michael Cohen admitir ter comprado o silêncio, a pedido de Trump, de supostas ex-amantes do empresário.

Na pesquisa anterior, feita em abril, Trump contava com o apoio de 40% da população, e sua desaprovação chegava a 56%. A enquete foi feita com 1.003 pessoas entre 26 e 29 de agosto, justamente a semana na qual eclodiu a crise envolvendo seus antigos colaboradores.

Em outra pergunta, 53% dos entrevistados responderam acreditar que Trump havia obstruído a Justiça tentando interferir na investigação do procurador especial Robert Mueller sobre um possível conluio com a Rússia durante a campanha eleitoral republicana de 2016. Os casos sobre Cohen e Manafort são desdobramentos desse processo. De acordo com a pesquisa, 35% da população pensa que o presidente não tentou intervir na investigação, que Trump classifica como uma “caça às bruxas”. Além disso, a enquete mostrou que 63% dos consultados a apoiam, enquanto 29% a rechaçam.

Em relação à forma como Trump conduz a economia dos Estados Unidos, 45% dos entrevistados disseram que apoiam o presidente, melhor resultado do empresário na pesquisa. Como previsível, a popularidade do dirigente varia bastante de acordo com a tendência política dos consultados: 78% dos republicanos aprovam a administração Trump, enquanto 93% dos democratas e 59% dos independentes a desaprovam.

EUA cortam ajuda a palestinos

O Departamento de Estado anunciou ontem o corte de toda a ajuda que os Estados Unidos enviavam para a Agência da ONU de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA).

Por meio de um comunicado, o governo americano disse que a organização era “irremediavelmente falha”. Heather Nauert, porta-voz do Departamento de Estado, afirmou que a “administração reviu cuidadosamente o assunto e determinou que os EUA não fariam contribuições adicionais para a UNRWA”. Principal financiador da agência, a ajuda americana havia caído de US$ 350 milhões, em 2017, para US$ 65 milhões, em 2018.



Recomendadas para você