Terrorista era ligado à Al-Qaeda

Suicida estudou em universidade na inglaterra o centro americano de vigilância de portais islâmicos (site) informou que taimor teria indicado, em seu testamento, que atuava por estímulo do estado islâmico do iraque. o grupo é um braço iraquiano da al-qaeda.

De acordo com o jornal britânico daily mail , taimor estudou no reino unido. o diário divulga também que, em uma página no facebook, taimor indica que estudou terapia esportiva na universidade de bedfordshire, em luton (a 50 km de londres), onde se formou em 2004. em seu perfil, o suicida postou vários vídeos relacionados à guerra do iraque, à causa da tchechênia e à base de guantánamo.

Jornal também divulgou que taimor era muito ativo em sites muçulmanos, em que ele dizia estar à procura de por uma segunda mulher para se casar.

“em uma mensagem no si te muslima.com, ele disse que nasceu no iraque e que se mudou para a suécia em 1992. afirmou ter duas filhas, uma com 3 anos e outra com menos de 2, e escreveu ainda que queria se casar novamente, e que sua primeira mulher concordara com isso”, relata o jornal.

A esposa e filhos do suposto terrorista continuariam vivendo em luton, de acordo com os jornais britânicos. a polícia metropolitana de londres revistou, no domingo, uma casa onde taimor teria vivido. a polícia disse ter “um mandato de busca e apreensão emitido em virtude da lei antiterrorista para um endereço em bedfordshire” por um caso “ligado ao incidente em estocolmo”.

O atentado o serviço secreto sueco (säpo) informou, ontem, que o autor da mensagem com ameaças recebida poucos minutos antes do atentado pode ser de taimor.

– temos um arquivo de áudio e acreditamos que se trata da mesma pessoa – declarou a uma rádio sueca uma analista da säpo, malena rembe.

Antes das duas explosões no centro de estocolmo, a säpo e a agência de notícias sueca tt receberam um e-mail de um remetente desconhecido que anunciava “ações de represália à guerra contra o islã” efetuada pela suécia, em particular no afeganistão.

– agora, suas crianças, mulheres, irmãs e amigos vão morrer – ameaçou o e-mail, que fazia referência à presença das tropas suecas em território afegão.

A suécia tem 500 soldados no afeganistão, e o mandato desta força deve ser renovado pelo parlamento, no dia 1º de janeiro.

O canal de tv sueco svt in formou que as duas explosões ocorreram por volta das 17h (14h no horário de brasília), próximo a um shopping de estocolmo. as duas bombas foram colocadas a um distância de 200 metros uma da outra.

De acordo com o porta-voz do serviço de emergência, bernet norberg, a primeira explosão feriu duas pessoas levemente. o canal estatal informou ainda que próximo ao corpo do terrorista havia uma mala cheia de pregos, que seria utilizada para ampliar o impacto da explosão.