Mexendo em vespeiros

A deputada Clarissa Garotinho (PR) comemora o que considerou uma vitória pessoal na dança das cadeiras das comissões permanentes na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Antes mandatária da incipiente Comissão de Indicações Legislativas, agora a republicana assume a de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional prometendo transformar sua linha de atuação e tratar de alguns temas considerados verdadeiros vespeiros.

Clarissa critica a linha adotada pela comissão anteriormente, afirmando que ela se limitava a discutir litígios territoriais entre os municípios fluminenses. Ela quer transformar o grupo em um ponto de análise de questões fundamentais para as cidades e já elegeu alguns temas prioritários, que devem render audiências públicas:

"De cara, pensamos em tratar da questão da Linha 3 do metrô, tão importante para Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. E também de outras obras de grande repercussão para o Grande Rio, como os elevados da Perimetral e do Joá", promete.

A aproximação com prefeitos e vereadores são outras das prioridades traçadas pela parlamentar. Às vésperas da entrada de seu pai, o deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ), na disputa formal pelo governo do estado, esse contato pode ser estratégico. Se a comissão começar a fazer barulho, uma reação da base aliada do governo de Sérgio Cabral não seria inesperada.