Tucano no mundo dos cachorros

Com todo o respeito devido aos animais, fica difícil entender um candidato à prefeitura da segunda maior cidade em número de eleitores do país fazendo campanha junto a cachorros e outros bichos recolhidos nas ruas.

O Rio, como se sabe, vive problemas graves. Seu ensino público, mesmo com as melhoras apresentadas, está em 15º lugar no ranking nacional. Sua rede hospitalar tem um déficit de leitos que faz doentes graves aguardarem - ou mesmo receberem - atendimento em macas improvisadas nos corredores. No transportes, os péssimos serviços oferecidos obriga seus moradores a gastarem até quatro horas diárias no transcurso entre a casa e o trabalho.

Com tantas questões a serem debatidas e solucionadas, o tucano Otávio Leite foi fazer campanha no abrigo da Sociedade União Protetora dos Animais - Suipa. 

Seu gesto pode significar respeito demais aos animais e de menos aos eleitores.