Jornalista Jorge Kajuru recebeu dinheiro de empresa de Carlinhos Cachoeira

O mar de lama fruto da Operação Monte Carlo continua a atingir mais gente. A nova vítima dos grampos da Polícia Federal é o jornalista Jorge Kajuru. De acordo com as conversas do contraventor Carlinhos Cachoeira, o apresentador teria recebido dele pelo menos R$ 10 mil. 

Era só anunciante

Logo que a informação se espalhou, Kajuru tratou de esclarecer que uma das empresas de Carlinhos Cachoeira era anunciante em seu blog. O apresentador garantiu que jamais conheceu o contraventor, nem sabia que ele era dono do Laboratório Vitapan. 

Modus Operandi

Kajuru não foi o único na mídia atingido pela Operação Monte Carlo. As escutas da Polícia Federal também colocam em xeque jornalistas como Policarpo Júnior, diretor da revista "Veja" em Brasília, e  Wagner Relâmpago, repórter da TV Brasília/Rede TV

Modus Operandi II

A diferença é que os outros dois aparecem em contatos diretos com Cachoeira ou seus diretos. No caso de Kajuru, tudo leva a crer que a relação entre eles foi apenas profissional.