Eventos culturais e shows podem ser obrigados a exibir videos antidrogas

Tramita nas Comissões Permanentes da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro um Projeto de Lei (1328/2012), do vereador Fernando Moraes (PMDB), que pretende tornar obrigatória a exibição de filmes educacionais antidrogas nas aberturas de shows e eventos culturais na cidade. 

Os vídeos, que deverão abordar as consequências do uso de drogas lícitas ou ilícitas, deverão ser produzidos por empresas administradoras de cinema e por produtores de shows e eventos culturais, sob pena de advertência e multa em caso de descumprimento. Os filmes deverão passar, ainda, por aprovação do Conselho Municipal Antidrogas. 

Campanha de conscientização

A urgência do projeto, segundo Moraes, se justifica pela disseminação do crack em diferentes classes sociais. O objetivo é engrossar as campanhas de conscientização contra o uso de drogas e fazer do Rio de Janeiro "um exemplo de combate às drogas". 

"O problema não pode ser considerado só como caso de polícia. Tanto a prevenção como o combate às drogas são questões que envolvem o Poder Público e toda a sociedade como um todo. A arma mais importante e poderosa que temos é a informação, portanto vamos usá-la", acrescenta Moraes.