Jandira Feghali reage a campanha da Sky por programas nacionais

A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) não gostou da nova campanha da Sky. A operadora de TV está enviando e-mails para seus assinantes pedindo que eles reclamem da Lei 12.485/11, que prevê a reserva de três horas e meia para conteúdo nacional nos canais a cabo. Com dificuldades para cumprir o que a lei pede, a Sky alega que a nova legislação é uma afronta à liberdade de expressão. 

Resposta dura

Além de repudiar e classificar a campanha da empresa como "difamatória e irresponsável", Jandira lembrou que a regulamentação da leu ainda está em andamento e alguns dos seus pontos mais polêmicos ainda podem ser discutidos. 

"A Sky tem o direito democrático de demonstrar sua contrariedade com o teor da lei , no entanto, é inadmissível  ver uma empresa fazer campanha se intitulando representante de usuários sem legitimidade", criticou. 

Briga longa

No e-mail enviado aos seus assinantes, a Sky sugere aos assinantes que mandem mensagens para os deputados federais em Brasília. A empresa também vai entrar na Justiça contra a nova lei, alegando inconstitucionalidade.