Presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul pode ser cassado

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) não tomará posse nesta sexta-feira. Sua nomeação, feita no “tapetão”, será cassada pelo Supremo Tribunal Federal. 

Vai, Romário

Romário, pelas suas posições firmes e pela sua atuação não só na parte esportiva, pode se transformar num nome forte das eleições municipais deste ano. 

Ficha suja?

A Folha de S. Paulo publicou que o Planalto analisava a "ficha corrida" dos principais indicados ao Ministério das Cidades antes da nomeação de Aguinaldo Ribeiro. Será que não quiseram dizer "folha corrida"?