Filme sobre a vida de Lula estreia sob crítica nos Estados Unidos

Numa sexta-feira 13, o filme "Lula, o filho do Brasil" finalmente chegou em solo norte-americano. O longa de Fábio Barreto, no entanto, não caiu no gosto da crítica local. Apesar de exaltarem a história do ex-presidente brasileiro, os especialistas classificaram a obra como fraca. 

Herói nacional

Para o "NY Post", os U$ 5 milhões gastos com a produção do filme poderiam ter sido melhor empregados. Tanto o veículo quanto o "Christian Science Monitor" apontaram que o filme carece de espírito e mais parece um documentário. 

Herói nacional II

O "New York Times" aponta que o longa é um filme que apresenta um Lula puramente idealizado. A extrema retidão de Dona Lindu, mão de ex-presidente, é comparada pelo site "NPR" a uma "paródia da adoração católica por mães".