Maracanã ganha abraço contra privatização neste sábado

O Maior do Mundo será alvo de um protesto contra a privatização na manhã do próximo sábado (03/12), às 10h. Organizada pelo Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio de Janeiro, a manifestação terá o apoio de políticos e líderes de torcidas dos quatro grandes cariocas. O questionamento é simples: por que, após quase R$ 1 bilhão em reformas, o Maracanã será entregue à iniciativa privada? 

Estádio da elite

"Nós vamos ganhar um Maracanã desfigurado que não representa a sua história. O estádio é um bem tombado. Modificar o projeto original é um desrespeito", ataca o vereador Eliomar Coelho (Psol-RJ), que também vai participar da manifestação. Outra grande reclamação é a extinção da geral no novo projeto, o que acabaria com o apelo popular do estádio. 

Sem exclusividade

Recentemente, o governo do Estado ressaltou que a licitação do novo Maracanã vai impedir que apenas um clube tome posse total do estádio. A ideia e mantê-lo como casa dos quatro grandes clubes do Rio de Janeiro, sem exclusividade para qualquer um deles.