Presidente da FIFA, Blatter "ganha" 450 mil ingressos para a Copa de 2014

O jornalista britânico Andrew Jennings, responsável por uma série de denuncias contra a FIFA, desenterrou mais uma. De acordo com ele, uma empresa dirigida pelo presidente da entidade máxima do futebol, Joseph Blatter, recebeu 450 mil ingressos para serem revendidos na Copa do Mundo de 2014, no Brasil. 

Histórico de "competência"

Ainda de acordo com Jennings, a empresa Match Hospitality teve um desempenho desastroso em seu programa de hospitalidade corporativa na Copa do Mundo da África do Sul. Mesmo assim, o presidente da FIFA foi escolhido para revender os ingressos graças a uma pesquisa que apontou sua companhia como "a mais adequada" para o serviço. 

Polêmica

Além da qualidade duvidosa dos serviços, a Match Hospitality se envolveu em outra polêmica durante a Copa do Mundo de 2010. A empresa contratou o irmão do sul-africano Danny Jordaan, organizador-chefe da competição, para atuar como agente na cidade de Port Elizabeth por míseros R$ 40 mil mensais.