PV estuda lançar candidatura de Aspásia Camargo para a Prefeitura do Rio

O Partido Verde segue avaliando uma possível aliança para as eleições municipais do ano que vem no Rio de Janeiro. Enquanto o apoio do ex-deputado Fernando Gabeira é cobiçado por todos os pré-candidatos, muita gente crê que a sigla deve ter candidato próprio. Assim, qualquer aliança ficaria apenas para o segundo turno. 

Aspásia e Andrea Gouvêa

As mais cotadas para representar o PV no pleito são a vereadora Andrea Gouvêa (PSDB) e adeputada estadual Aspásia Camargo. Andrea, inclusive, tentou se candidatar pelo PSDB, mas o partido escolheu apoiar o deputado federal Otávio Leite. Insatisfeita com a decisão, ela deixou a sigla. Presidente regional do PV no Rio, o deputado federal Alfredo Sirkis defende lançar Aspásia como candidata. 

"Acho que o PV deve ter candidatura própria e com Aspásia Camargo. Não tenho participado diretamente desse processo e vejo algumas alianças com bons olhos, mas só para o segundo turno",disse Sirkis. 

Medo da máquina

O problema é que muita gente acha que, sem o apoio de Gabeira, nenhuma candidatura vai conseguir levar as eleições par ao segundo turno. Além do apoio da máquina, o atual prefeito Eduardo Paes (PMDB) vem com uma coligação de 18 partidos para tentar a reeleição. 

Nesta semana, o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) e o federal Otávio Leite (PSDB) já se reuniram com os verdes em busca de apoio.