Pequenas indústrias comemoram as últimas altas do dólar

A maior parte dos consumidores está mais do que feliz com o nível que o dólar atingiu nos últimos meses. É cada vez mais fácil comprar importados, cujos preços estão mais próximos da realidade brasileira. Na contramão, quem sofre com isso são as pequenas indústrias nacionais. 

Paulistas estagnados

Segundo análise do Sindicato das Micro e Pequenas Indústrias (Simpi), 53% das indústrias do estado de São Paulo demitiram funcionários ou não realizaram novas contratações no último ano. 

É por essas é outras que o número de novos empregos criados no país tem crescido em ritmo menor. Em agosto deste ano, foram criados 36% menos empregos do que no mesmo mês de 2010. 

Dupla felicidade

Apesar do ano ruim, os pequenos empresários estão agora comemorando. A valorização do dólar frente ao real e o otimismo em torno do Plano Brasil Maior deixou o setor confiante.