CPI do Bonde pode sair do papel nesta quarta-feira na Alerj

A CPI do Bonde pode finalmente sair do papel nesta quarta-feira. Deputados da oposição na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) vão se reunir com a presidência da Casa nesta quarta-feira para pedir a aprovação da comissão. 

Memória curta

O pedido para a abertura da CPI foi feito no começo do mês e veio à tona durante a audiência pública sobre o Bonde, no dia 15 de agosto. Na ocasião, ele já contava com mais de 20 assinaturas de parlamentares. De lá para cá,o assunto ficou parado e quase caiu no limbo do esquecimento popular. 

Cortina de fumaça

Para o deputado Paulo Ramos (PDT), houve uma tentativa de esvaziar a CPI com a anúncio de que a empresa portuguesa Carris faria a revitalização dos bondes. "Isso desviou o foco das atenções, mas não apaga os acidentes". 

Como o governo tem maioria esmagadora na Alerj, o medo dos parlamentares é que a CPI fique pelo caminho. Se aberta, a comissão investigará a queda de um turista francês em julho e a morte de seis pessoas após o tombamento de um dos carros nos mês passado.