Um banquinho, um violão

Babado musical forte nos 60 anos da Bossa Nova. Carlos Alberto Afonso, dono da livraria Toca do Vinícius, que tem como subtítulo “A casa da Bossa Nova”, está brigando com João Donato, um dos precursores do ritmo, que abriu na Sala Baden Powell a “Casa da Bossa”. “A Prefeitura do Rio atropela o mérito, ignora a história, revida com iniciativa absurda (...) e dá uma cotovelada na Casa da Bossa Nova”. Por trás, a acusação de que a administração foi dada pelo Bispo Crivella a João Donato por este ser evangélico. Ivone Belém, mulher de João, esclarece que a empresa dele, a Acre Edições Musicais, venceu uma licitação para músico-residente, uma espécie de curadoria, cujo edital  de concorrência pública nº 01/2016 encerrou-se em 14 de dezembro de 2016, com a publicação no D.O. do Município do resultado final da concorrência pública. “Não faz sentido algum essa acusação de ‘estar ao lado de Crivella’”, diz ela. João Donato é um dos maiores mitos da MPB. Acusá-lo de “ursurpar” a ideia de uma Casa da Bossa faz até parecer que é despeito.

Fatos & Versões

Para alguns deputados do (P) MDB, ouvidos ontem pela coluna, a delação de Carlos Miranda foi pior que traição. Segundo eles, o governador Sérgio Cabral estaria conversando com sua atual vizinhança para propôr uma delação coletiva. Miranda portanto, dizem eles, teria largado na frente e deixado a turma de pires na mão.

Ação na baixa

Se está ruim pra você, imagina a cara da deputada Marta Rocha. Depois de ver de muito um tudo enquanto chefe da Polícia no mandarinato de Cabral ela deve ter ficado uma arara ao ver que na lista das denúncias de Carlos Miranda, seu passe supostamente valia R$ 300 mil enquanto um Carlos Catilho saía por R$ 3 milhões.

Cadê a notícia?

Um observador atento estranhou que a TV Globo dedicou imensos 10 minutos à notícia da delação de Carlos Miranda, mas depois o assunto pareceu desparecer. Não tinha nem chamada na capa do G1. Esquisito não?

Nós do Morro

A Agência de Notícias das Favelas marcou para 15 de setembro, em uma quadra no Complexo do Alemão, seu debate entre os candidatos ao governo do Rio. Nas eleições de 2016, dos 11 candidatos, 7 participaram da conversa, inclusive o Bispo Crivella. 

Vá de orgânico 1

Cinquenta agricultores de pequenas propriedades de áreas de Nova Iguaçu e Duque de Caxias próximas à Reserva Biológica de Tinguá acabaram de receber kits para iniciarem agricultura orgânica destinada à preservação de mananciais no entorno daquela unidade de conservação.

Vá de orgânico 2

Destinados a uma produção agrícola sem agrotóxicos, os kits incluem galinhas e galinheiros, para a geração de adubo natural. A previsão de início de produção nesse novo sistema é para outubro. Outros 200 pequenos agricultores dos dois municípios serão beneficiados pelo projeto. 

A vida como ela é

A coluna pegou no pé, ou melhor, no penteado do deputado Pedro Paulo que divulgou sábado à noite nas redes sociais um vídeo pedindo votos para sua reeleição. “É a era pós-Renato Pereira”, brincou o parlamentar. “Gravei em casa com Iphone e o cabelo foi feito no Carlinhos Coiffeur, em Curicica”.

__________

LANCE LIVRE

O Istituto Europeo di Design do Rio promoverá nesta quinta-feira uma conversa aberta ao público com Elisa Ventura, sobre o mercado editorial moderno e publicações independentes. O Memorial Municipal Getúlio Vargas exibirá o filme “Getúlio” sexta-feira em memória aos 64 anos da morte do presidente, seguido de um debate em parceria com o Colégio Estadual Amaro Cavalcanti.