Fecomércio-DF e ministro do Trabalho avaliam sistema sindical brasileiro

O presidente da Fecomércio-DF e vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo(CNC), Adelmir Santana, realizou no dia 19 de julho uma visita ao ministro do Trabalho, o deputado federal Ronaldo Nogueira (PTB-RS).

No encontro, foram debatidos assuntos ligados ao atual sistema sindical brasileiro.

A Câmara dos Deputados tem discutido, por meio de uma comissão especial, novas propostas para o financiamento da atividade sindical no Brasil. "Creio que o assunto é de fundamental importância, sobretudo para que exista simetria na representatividade dos sindicatos patronais e laborais. Nesse momento em que o País procura retomar a estabilidade política e econômica, é imprescindível garantir que exista harmonia na reestruturação do sistema sindical brasileiro. Os mecanismos de representação dos empregados e dos empregadores precisam ser parelhos, inclusive em receita, de forma que não haja desequilíbrio nessa relação", destacou Adelmir Santana.

Um dos pontos levantados na reunião foi em relação à lentidão dos processos em andamento dentro do Ministério do Trabalho, tanto processos de criação de sindicatos quanto de reformulação de base, nomes ou denominação. “Têm processos de dez anos que não andam”, disse o presidente da Fecomércio.

De acordo com o Ministério do Trabalho, são mais de oito mil processos que tramitam na pasta. O ministro Ronaldo Nogueira garantiu que haverá uma reestruturação em relação à fila de espera. “Haverá uma separação da fila em patronal e laboral. Então, hoje tem aquela fila grande e única que vão todos os sindicatos, e a separação trará mais celeridade aos processos. Precisamos resolver esse gargalo”, afirmou o ministro Nogueira.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais