29º Prêmio da Música Brasileira

Uma noite que reuniu tudo que uma premiação consagrada merece. Plateia magnífica, momentos de forte emoção, desfile de moda e um espetáculo no palco com alguns dos maiores nomes da música do país. O 29º Prêmio da Música Brasileira, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro foi tudo isso. Foi homenageado o cantor e compositor Luiz Melodia. Os famosos mais celebrados compareceram, como Elba Ramalho, Nei Matogrosso, Caetano Veloso, Maria Bethania, Maria Gadu, Moraes Moreira, Baby do Brasil, Pedro Luiz , Yamandu Costa, Pepeu Gomes, Marcio Vitor, Tom Zé, Danilo Caymmi, Joao Bosco, Sandra de Sá , Zezé Motta, Mart’nália, Mosquito, Iza, Leci Brandão, Trio Nordestino, Donato, Criolo, Zelia Ducan, Lenine, Alcione, Flavio Venturini e Zeca Pagodinho, que assistiu à premiação no camarote do amigo, Secretário de Estado de Cultura, Leandro Monteiro, acompanhado da 1ª dama da Cultura do Rio,  Roberta Monteiro.  As mestres de cerimônia Camila Pitanga e Debora Bloch, bem vestidas e lindas.

Da esquerda para a direita, de cima para baixo: Débora Bloch, Érica Januzza, Leticia Birkheuer; Fernando Bicudo, Lucinha Araújo, Maria Gadu; Trio Nordestino; Donato e Donatinho; Leandro Monteiro e Zeca Pagodinho; Zezé Motta e Sandra de Sá; Camila Pitanga e Novos Baianos; Lenine e filho, João; Família Veloso; Marieta Severo e filha Helena Buarque; Chico Cesar; no destaque: Alcione

----------

MARCADA PARA DIA 28 a votação do recurso do Estado do Rio de Janeiro para rever a indenização à família do pedreiro Amarildo, estimada em R$ 5 milhões. Em 2016, a Justiça determinou que a viúva e os seis filhos recebam R$ 500 mil cada; cabendo à viúva pensão de um salário mínimo e, aos filhos pensão até os 25 anos. Para a mãe de criação e dois irmãos de Amarildo, R$ 100 mil cada.

----------

Com João Francisco Werneck