Minas Trend Inverno 2017: o Havaí contemporâneo no desfile arrasador da Ellus

Grife, chegando aos seus 40 anos de história, fechou último dia de desfles com Miss Raissa Santana

Com mais de 40 anos de história no cenário da moda brasileira, a Ellus foi a responsável por fechar o último dia de desfiles desta 19ª edição do Minas Trend. Em uma sala lotada, a grife apresentou uma interpretação moderna e contemporânea do estilo do Havaí e trouxe a modelo e Miss Brasil 2016, Raissa Santana, como destaque da coleção. A miss foi a responsável por abrir o desfile que mostrou a visão da marca sobre a cultura da ilha. “Nós temos uma história na Ellus que fala sobre esse jovem adulto que viaja o mundo. Então, muito mais do que falar da ilha de uma forma poética e literal, essa coleção é uma experiência da Ellus sobre essa viagem. Ou seja, a gente mostra essa pessoa que começa a usar suas peças, como a jaqueta de couro e o jeans, combinada aos elementos da cultura havaiana. O que vemos na passarela é um Havaí com um ar urbano e do rock, que são as referências da marca”, explicou o estilista Rodolfo Souza sobre a coleção Verão 2017.

Outro dado interessante que compõe o conceito da coleção é a presença da cultura jovem do final dos anos 1990 e início dos anos 2000. A era clubber, das boates e raves, aparece traduzida no stylling do desfile. “Nós temos coturnos tratorados e mais pesados e detalhes nas botas com as padronagens havaianas acrescidas de glitter, por exemplo, para traduzir essa ideia. Eu acho que isso dá uma rejuvenescida e alia um pouco a essa referência que, teoricamente, não teria a ver com a marca”, disse Rodolfo que também destacou a variada cartela de cores como símbolo desta proposta. “É uma coleção muito colorida e a gente se permitiu uma certa liberdade na escolha de matéria prima também. Então, em um mesmo look, nós temos estampa, textura de cobra, glitter, couro preto e couro com viscose. É um desfile rico em sobreposição com mistura de matéria prima cores. Tinha muito tempo que a marca não apostava em combinações assim. Então, é uma coleção que tem uma energia jovem, cor e atitude”, argumentou o estilista Rodolfo Souza.

Logo depois, a diretora criativa da Ellus e da Second Floor, segunda marca da grife que tem uma pegada naturalmente mais jovem, Adriana Bozon reforçou a argumentação de seu estilista. “Eu acho que a Ellus é uma marca muito forte e já consolidada. Nós temos esse DNA urbano, rock’n roll e o jeans e o couro como carros-chefe. É uma marca que vem se renovando e atualizando, mas o nosso target continua sendo 30+. Só que hoje em dia, todo mundo quer ser jovem e estar mais descolado. E isso é um trabalho constante que pontua toda a história da Ellus. Nós somos uma marca contemporânea que veste pessoas modernas no dia-a-dia. É só uma constante atualização”, avaliou Adriana.

Conhecida pelo seu jeanswear impecável, a coleção inspirada na cultura do Havaí traz modelos mais despojados. Total insider nas tendências do jeans, a Ellus apresentou modelos pontuados com patches exclusivos. “O jeans aparece todo lavado, destruído e com patches únicos que fazem referência às estampas que nós criamos. Esses modelos têm bastante cara de brechó e aparecem reformulado e reeditado com a aplicação desses desenhos”, explicou Rodolfo que acredita que esta tendência já foi super aceita. “Eu acho que essa moda já pegou. E o mais legal é que os nossos patches além de exclusivos, são feitos com fios de lúrex, o que os deixa mais bonitos, ricos e especiais”, afirmou o estilista da Ellus, Rodolfo Souza.

[email protected]

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais