Depois de processo contra Lírio Parisotto, Luiza Brunet abre ação contra Facebook

Atriz pede que a rede social identifique perfis que a atacaram com ofensas

Luiza Brunet está decidida a resolver todas suas pendências judiciais ainda este ano. Desta vez, a ex-modelo entrou com um processo contra o Facebook, após sofrer ataques em suas redes sociais ao denunciar o então companheiroLírio Parisotto por agressão física durante uma viagem a Nova York, no Estados Unidos. Na ação, divulgada nesta terça-feira, ela pede que o site de relacionamentos identifique os responsáveis pela criação dos perfis usados para atacá-la com comentários ofensivos.

O processo corre na 21ª Vara Cível de São Paulo e foi aberto no início deste mês. O Facebook, empresa do jovem milionário Mark Zuckerberg, também proprietário do Instagram, já foi notificado. Com essa ação, Luiza segue para seu terceiro processo, já que também acusa o ex-marido de ter quebrado seu dedo durante uma outra briga em 2014. Se os casos de agressão forem comprovados, Lírio responderá pelos crimes de lesão corporal e lesão grave. Na época, o empresário chegou a negar que bateu em Luiza e acusou a modelo de ter lhe causado um ferimento de dez pontos durante passeio de barco.

[email protected]

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais