Depois de soropositiva, Deborah Secco viverá Irmã Dulce no cinema

Atriz protagonizará longa-metragem sobre vida de freira baiana, famosa por seu engajamento social

Deborah Secco vem procurando se aventurar e mergulhar fundo em papeis interessantes no cinema nacional. A atriz, que rodou no início deste ano o filme 'Boa Sorte', de Carolina Jabor, em que vive uma paciente soropositiva de uma clínica psiquiátria, acaba de anunciar mais um papel desafiador na telona.

Deborah foi a escolha da produtora Iafa Britz e do diretor Cesar Rodrigues para protagonizar a cinebiografia sobre Irmã Dulce, beata baiana, morta em 1992, e conhecida por seus atos de caridade e seu ativo trabalho social.

E, apesar dos escândalos em que a cantora Joelma se envolveu nos últimos tempos, parece que Secco ainda não abandonou a ideia de interpretar a vocalista da banda Calypso num longa-metragem sobre a banda.

[email protected]