Jennifer Lopez se desculpa por fazer show em festa de ditador. Entenda!

Cantora americana se apresentou no (polêmico) aniversário do presidente do Turcomenistão


História comum em Hollywood: a celebridades são oferecidos cachês estratosféricos para fazer uma mera aparição ou se apresentarem em festas abastadas de magnatas do petróleo, chefes de estado do Oriente Médio e demais poderosos da região.

A última a engrossar a lista foi Jennifer Lopez - que, por um cachê não revelado, topou fazer seu show para a seleta lista de convidados do aniversário de Gurbanguly Berdimuhamedow. Tudo correu bem na celebração do presidente do Turcomenistão (país da Ásia Central, fronteira com o Irã), neste sábado (29), até J.Lo retornar aos Estados Unidos.

Vítima de uma enxurrada de críticas e alfinetadas, a popstar só então descobriu que Gurbanguly é um dos grandes ditadores da região, conhecido por comandar um estado totalitário e altamente repressivo.

Ciente do fato, Lopez foi rápida em retirar seus desejos de 'Feliz Aniversário' ao político, pedindo desculpas através de sua assessoria de imprensa por ter se apresentado na festinha do ditador. Que mico, J.Lo.!

[email protected]