'BBB 13': audiência sobe e temperatura desce em final com Fernanda campeã

Desfecho reforça características de toda a edição e, no Ibope, supera vitória de Fael, ano passado

A repercussão nas redes refletiu uma característica que permeou toda a 13ª edição do 'Big Brother Brasil': a temperatura amena deu o tom durante toda a trajetória que levou à coroação e entrega do prêmio de R$ 1,5 milhão à advogada mineira Fernanda, que venceu o reality com quase 63% dos votos, derrotando o casal formado pelo gaúcho Nasser e a paranaense Andressa. Talvez pelas diversas falhas técnicas (que também foram outra assinatura desta edição) ou pela falta de emoção/carisma/adrenalina transmitida pelo trio de finalistas, o 'BBB 13' terminou em marcha lenta. O que, para muitos, demonstra o desgaste da equipe envolvida no projeto, simbolizada por Boninho e Pedro Bial, visivelmente saturados em suas respectivas funções dentro do programa.

Quanto ao quesito audiência, uma surpresa: apesar do ritmo devagar-quase-parando, o 'BBB 13' teve média de Ibope superior ao seu antecessor: marcou 28 pontos em São Paulo, enquanto a consagração do caubói Fael, em 2012, teve média de 26.

Colaborou Beatriz Medeiros

[email protected]