A nova queridinha da América: listamos os motivos para amar Jennifer Lawrence!

Ganhadora do Oscar de Melhor Atriz por 'O lado bom da vida', jovem atriz vem conquistando fãs

Confira também o nosso blog

O Oscar de 'Melhor Atriz' veio para coroar uma fase de ouro que Jennifer Lawrence anda vivendo. Desde o lançamento de 'O lado bom da vida', no fim do ano passado, a moça tinha sido alçada ao posto de 'queridinha' de Hollywood, nos Estados Unidos. Mas, para tentar entender melhor todo esse hype ao redor da loura, listamos três motivos sobre 'por-que-todos-amam-Jennifer-Lawrence':

 - "A garota da porta ao lado": Não adianta! Hollywood é rápido em tentar rotular seus atores e atrizes. Tem as femme-fatales, tem as fashionistas e tem as "garotas da porta ao lado". Numa tradução livre de ''the girl next door'', a definição é perfeita para Jennifer Lawrence: apesar de linda, ela poderia viver ao seu lado. Apesar de - agora - ter um Oscar em sua prateleira, é fácil acreditar que JLaw poderia ser sua amiga. O apelo da moça é altamente popular, atingindo idades e classes sociais bem amplas. Além do mais, é tempo de renovação: antigas sweethearts de Hollywood, como Julia Roberts, Reese Witherspoon e Jennifer Aniston já estão ficando um pouco velhas para o posto de 'queridinhas'. Ponto pra Lawrence.

 - Ela saber lidar com a fama: Muitas atrizes da idade de Jennifer (apenas 22 anos!) possuem uma relação complicada com seu público e com a imprensa (não é, Kristen Stewart?). Para Lawrence, isso parece ser tirado de letra. Em suas entrevistas durante e após a temporada de premiações, Jennifer aparece sempre relaxada, pronta para fazer piada sobre si mesma e perspicaz na hora de brincar com o entrevistador. Sem medo de se expôr, Lawrence já até falou sobre a desproporcionalidade de seus seios em entrevista a TV norte-americana. Fofinha.

 - Indie X Mainstream: Com a ajuda do power-agentKevin Huvane (também agente das sweethearts que citamos ali em cima), Lawrence vem construindo uma carreira bem interessante - e a passos largos. Desde sua estreia em 2011, com o independente 'Inverno da Alma', a jovem soube balancear papeis mais suculentos, como o de 'O lado bom da vida', com papeis mainstream, como a Katniss de 'Jogos Vorazes'. No horizonte? Jen segue estrelando a franquia de 'Jogos', volta a trabalhar com Bradley Cooper em um novo projeto do diretor David O. Russell (de 'O lado...') e protagoniza o drama de época da elogiadíssima francesa Susanne Bier, 'Serena'. Clichês a parte, no caso de Jennifer, o melhor realmente parece ainda estar por vir!

Colaborou Beatriz Medeiros

[email protected]