Giovanna Ewbank, Bruno Gagliasso, Fiorella Mattheis e Flávio Canto: bonde do bem

Alexandre Schnabl foi conferir o bazar do bem de famosos com renda destinada ao Instituto Reação

Confira também nosso blog

Um bonde de famosos seguiu ontem rumo ao Royal Tulip, em São Conrado. O motivo? O Bazar Reação em prol do Instituto Reação, ONG responsável pela inclusão social de atletas de comunidades carentes fundada pelo medalhista olímpico Flávio Canto. É a terceira edição de sucesso desse bazar que Flávio organiza com a atriz Fiorella Mattheis, e com os melhores amigos, o casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso. Bruno, aliás, foi o padrinho desse ano, junto com as madrinhas fofas Thaila Ayala e Sophie Charlote. Além dos três, compareceram pencas de atletas, além de famosos como Marcelo Novaes, Sheron Menezzes, Bruno Chateaubriand e André Ramos, Mariana Rios, Karen Junqueira e o lutador José Aldo - que autografou o saco de pancadas do UFC leiloado por R$1.500,00.

Todos prestigiando o evento, saboreando as comidinhas bacanas e aproveitando os preços convidativos de peças com até 70% de desconto. Afinal, ninguém é de ferro e pululavam ofertas de de grifes descoladas como Reserva, Shop 126, Lili Sarti, Bobô, Le Lis Blanc, John John, Leila Schuster, Lenny, Animale, Nica Kessler, Astrid Mix, Osklen e Mr Cat, entre outras.  Para prestigiar Fiorella, que está se formando em jornalismo pela UniverCidade, uma trupe de professores-amigos deu as caras e também fez suas comprinhas de Natal. E, no final do dia, rolou um leilão esperto com peças usadas por atrizes em novelas como o vestido de Patricia Bonaldi envergado por Giovanna Antonelli na festa de lançamento de Salve Jorge. Luxo!  Mas quase rolou briga - no bom sentido - quando começaram os lances pelo anel em ouro rosa, kunzitas e diamantes do joalheiro Vitorino Kulhmann. O mulherio se ouriçou todo e a joia foi arrematada por Igor Sebbá, sócio do Barzin, que pagou R$12.000,00, mas se recusou a contar quem era a felizarda que receberia o mimo. 

[email protected]