'Sangue, fumaça e pirotectnia': vocalista do Kiss voará sobre o público carioca

Banda apresenta a Monster Tour no Rio de Janeiro neste domigno (18), na HSBC Arena

Confira também o nosso blog.

Além de bastante pancake branco e preto, sapatos de plataformas altíssimas e calças e coletes de couro tacheado, o que mais a banda Kiss pede em seu camarim? 

Para o show que fará no Rio de Janeiro neste domingo (18), na HSBC Arena,o grupo pediu nada menos do que 60 tanques de gás carbônico sifão, 14 tanques de propano, 4 tanques de oxigênio medicinal, pelo menos 10 extintores de incêndio e meia tonelada de gelo seco, que deve ser fornecida em fatias ou blocos, 'nada de paletes, por favor', e entregue em grandes refrigeradores comerciais rolantes.

Todo esse arsenal será usado para a cenografia e efeitos especiais do show da 'Monster Tour', que, como a banda informou, terá 'muito sangue, fumaça e pirotecnia'. Além disso, o quarteto guarda mais uma surpresinha para o público carioca:  o vocalista Paul Stanley vorará sobre a plateia, de uma ponta à outra da arena! Mais detalhes são guardados sob sigilo, mas já demos motivos suficientes para você não perder a superprodução da banda que já vendou mais de 100 milhões de álbuns ao redor do mundo e coleciona 24 discos de ouro, né?

[email protected]