Ibope de Fátima Bernardes não para de cair e situação de 'Encontro' se complica

Ontem (11), programa teve a pior audiência entre as atrações da grade da manhã na Globo

Confira também o nosso blog.

Desde que estreou, em 25 de junho, o programa 'Encontro', com Fátima Bernardes, vem lutando para entrar nos eixos e conseguir emplacar no Ibope, com pautas 'gente como a gente', mudança de visual da austera ex-âncora do 'Jornal Nacional' e enxurrada de convidados do estrelado elenco global. Mas a verdade é dura e chega vestida de estatísticas: a atração, por enquanto, vem baqueando os índices de audiência das manhãs da Globo, sendo que sua missão era justamente fortalecer a problemática faixa matinal da emissora.

Antes de 'Encontro' nascer, o período da manhã na grade da Globo registrou, entre maio e junho, média de 6,9 pontos de média no Ibope, ainda com o 'TV Globinho' no ar. Em julho, já com Fátima Bernardes no ar, a média matinal caiu para 6,3. E, em agosto, mês recém-encerrado, a média chegou a 6,1. Queda gradual e constante.

Para se ter uma ideia, ontem (11), 'Encontro', não pela primeira vez, teve a pior audiência na grade da manhã do canal, com apenas 5 pontos de média, ficando atrás do 'Bom Dia Brasil' (7), 'Mais Você' (7) e 'Bem Estar' (6,5).

Muito se fala sobre uma mudança de rumo radical em outubro, caso o programa não emplaque de vez. Mas, independente de alguma alteração ou não, o que fica marcado é: 'Encontro' é uma das grandes frustrações da TV aberta nos últimos anos.

[email protected]