Viúva de Elvis Presley revela que o Rei do Rock odiava Hollywood e calças jeans

Priscilla Presley inaugurou a The Elvis Experience, em São Paulo, e foi entrevistada por Jô Soares 

Confira também o nosso blog.

Elvis Presley é o Rei do Rock, conquista milhões de fãs até hoje e ainda tem espaço garantido nas pistas e palcos ao redor do mundo, mas o legado do moço na moda também é admirável. Elvis usava as golas de suas camisas levantadas por conta de um complexo que tinha com o tamanho de seu pescoço! Palavra de Priscilla Presley, viúva do cantor que foi entrevistada no Programa do Jô da madrugada de hoje (4).

Priscilla está no Brasil para inaugurar a The Elvis Experience, maior exposição de itens pessoais do Rei do Rock que inicia sua jornada ao redor do mundo em São Paulo, a partir de amanhã (5), no Shopping Eldorado. Ela deu uma passadinha na expô nesta segunda-feira e disse que escolheu o Brasil para o início da jornada pela energia dos fãs brasileiros. “Na exposição o público vai conhecer o Elvis homem e não o mito”, adiantou a ruiva, sobre a mostra que reúne mais de 600 itens pessoais do artista, incluindo a caixa do correio de sua casa, um telefone dourado que ficava em seu quarto, além de figurinos, carros e um distintivo do FBI que ele ganhou diretamente das mãos do ex-presidente americano Richard Nixon. 

Durante a entrevista a Jô Soares, Priscilla ainda contou um pouquinho mais das preferências de Elvis, incluindo quitutes e as peças mais odiadas do closet. "Elvis era noturno, mas caseiro. Gostava de ir ao cinema sozinho na madrugada. Ele adorava sanduíche frito, com creme de amendoim e banana. Elvis não gostava de usar calças jeans porque usou muitas durante a sua infância, quando era pobre. Só as vestia para os personagens de seus filmes", contou. Ainda de acordo com a viúva, não era só para as calças jeans que Elvis torcia o nariz, ele detestava Hollywood e curtia mesmo a iluminada Las Vegas.

[email protected]